sexta-feira, 4 de julho de 2014

TEMA: Educação e Tecnologia (Portfólio)



UNIDADE: I
ATIVIDADE: 1.2
TEMA: Educação e Tecnologia (Portfólio)
CURSISTA: Antônio de Oliveira Neto

EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA
A hora e a vez da tecnologia para ajudar na educação.
Estamos diante de uma nova fase. Estamos vivendo um momento de demonstração de que a modernização da educação é séria demais para ser tratada somente por técnicos. É um caminho interdisciplinar, é a aliança da tecnologia com o humanismo, produto indispensável para criar uma real transformação.
As tecnologias da informação e comunicação realmente têm provocado mudanças na educação, originando novos modos de difusão do conhecimento, de aprendizagem e novas relações entre Professores e alunos. Mas de fato, o termo tecnologia é novo ou velho?
O termo tecnologia não é algo novo, tecnologia é um artefato, um método ou técnica criado pelo homem para tornar seu trabalho mais leve, sua locomoção e sua comunicação mais fáceis, ou simplesmente, sua vida mais agradável e divertida. A tecnologia, neste sentido, não é algo novo – na verdade, é quase tão velha quanto o próprio homem.
Para a educação, nem todas as tecnologias inventadas pelo homem são relevantes. Algumas apenas estendem sua força física, seus músculos. Outras apenas lhe permitem mover-se pelo espaço mais rapidamente e/ou com menor esforço, o que as tornam irrelevante para a educação. As tecnologias que estendem a capacidade de comunicação do homem, contudo, existem há muitos séculos.
A tecnologia a serviço da educação é aquela que estende a sua capacidade de se comunicar com outras pessoas, que aumentam os seus poderes intelectuais: sua capacidade de adquirir, organizar, armazenar, analisar, relacionar, integrar, aplicar e transmitir informação. (Tecnologias, como por exemplo, incluindo a fala humana, a escrita, a imprensa, currículos e programas, giz e quadro-negro, e, mais recentemente, a fotografia, o cinema, o rádio, a televisão, o vídeo e, naturalmente, computadores e a Internet). Este tipo de tecnologia dinamiza as formas de aprendizagem.
A tecnologia traz muitos benefícios para o ensino, e que com essa ferramenta, tanto o professor quanto o aluno podem fazer pesquisas de estudos e fazer busca de informações de diversos acontecimentos, mantendo - se sempre informados.
Portanto, Não há porque negar, entretanto, que, hoje em dia, quando a expressão “Tecnologia na Educação” é empregada, dificilmente se pensa em giz e quadro-negro ou mesmo de livros e revistas, muito menos em entidades abstratas como currículos e programas. 
Neste sentido, é preciso entender é que, a educação, hoje, precisa adquirir um novo formato, no qual a comunicação não seja mais unilateral, e sim uma conversa de mão dupla. O aluno precisa se engajar não somente com o professor, mas também com seus colegas de classe.
A tecnologia pode e deve facilitar este trabalho, instigando a troca de informações e conhecimento, além de fornecer uma análise mais completa e precisa de cada estudante.
Antônio Neto

TEMA: Identidade do Professor (Portfólio)



UNIDADE: I
ATIVIDADE: 1.1
TEMA: Identidade do Professor (Portfólio)
CURSISTA: Antônio de Oliveira Neto


Ser professor nos tempos atuais não esta sendo fácil. Ser professor não se restringe apenas a ser dono de uma licenciatura, é algo mais.
Ser Professor é ter a consciência de que vai encontrar um caminho de desafios constantes pela frente, que são pertinentes á profissão. Ser Professor é até mesmo conviver na certeza das incertezas da classe. É buscar o aprendizado constante, pois o ensino é dinâmico e de múltiplos contextos e que como mediador da aprendizagem, o professor é um indivíduo que buscar o conhecimento com uma promessa de repassá-lo a diante. E aí tá, para quem, se o nosso público não quer, ou poucos querem. Ser professor é tarefa complicada! Mas é uma missão, coube a nós a incumbência de: “mediar aprendizagem”. De certo é que, é na interface de trabalho mútuo que atua o novo docente, aprendendo – repassando e para isso, as interações das novas tecnologias fazem parte do quotidiano do atual Professor. Este é um novo contexto que já virou rotina nova no processo de ensino-aprendizagem, ou pelo menos deveria ter acontecido. 
Portanto, é identidade de Professor, além de multiplicador de Saberes, atuar como um facilitador deste processo, um mediador das ideias apresentadas e um incentivador de novas pesquisas. Deve ser um orientador da aprendizagem, conhecido como aquele que mostra caminhos e possibilidades para que o aluno faça suas próprias escolhas.
Antônio Neto

TEMA: Apresentação do Professor (Portfólio)



UNIDADE: I
ATIVIDADE: 1.0
TEMA: Apresentação do Professor (Portfólio)
CURSISTA: Antônio de Oliveira Neto


Oi pessoal! Bom-dia sou Antônio de Oliveira Neto.
Sou licenciado em Física, e hoje atuo na E.E.E.F. e Médio Olívia Saraiva Maia na cidade de São José do Brejo do Cruz-PB como professor de Física.
Estou vindo com uma grande expectativa de que o Curso Introdução a Educação Digital venha nos proporcionar bons momentos, deixe em nós o desejo de aprendizagem, que melhore os nossos conhecimentos e que nos faça refletir as nossas práticas como educadores.
Que o curso nos traga inovação às nossas aulas, aos nossos métodos de ensinos, etc. já que as novas mídias nos trazem ferramentas que são sem sombra de dúvida a porta aprendizado.
Antônio Neto